Lair cobra de Pollara classificação da Santa Casa como Hospital Estratégico

Em reunião na última sexta-feira com o secretário adjunto de Saúde do Estado, Wilson Pollara, a provedora da Santa Casa de Batatais, Lair Moura, reivindicou a classificação da unidade junto ao governo como hospital estratégico, o que, na prática, aumenta em 40% o valor dos repasses. O encontro aconteceu durante o 25.º Congresso da Fehosp (Federação das Santas Casas e Hospitais Beneficentes do Estado de São Paulo), realizado na cidade de Atibaia.
O governo estadual classifica as unidades de saúde em três categorias: hospitais estruturantes (referência em atendimentos complexos), hospitais estratégicos (de médio porte, que dão retaguarda aos estruturantes) e hospitais de apoio (de pequeno porte). Os hospitais estruturantes passaram a receber mais 70% sobre os atendimentos do SUS; os estratégicos, 40% e os de apoio, 10%, mais R$ 300 ao dia por leito SUS.
A Santa Casa de Batatais está entre as 50 melhores unidades do Estado, segundo avaliação da Secretaria de Saúde, e preenche os requisitos para ser contemplada. A unidade possui estrutura de médio porte e atende a população de Batatais e das cidades vizinhas na prestação de serviços de média e alta complexidade.
“Reiterei o pedido ao doutor Wilson Pollara, que se comprometeu a discuti-lo em reunião com seu corpo técnico. O governo de São Paulo deve conceder a classificação à Santa Casa de Batatais pela sua importância para a região e pelo fato de preencher os requisitos preconizados pela Secretaria de Saúde”, afirmou a provedora Lair Moura, que deve agendar novas reuniões com representantes da pasta.