Institucional

Santa Casa de BatataisA SANTA CASA DE MISERICÓRDIA E ASILO DOS POBRES DE BATATAIS, é uma Entidade Hospitalar de direito privado, filantrópica e sem fins lucrativos, fundada em 14/06/1913 por uma associação humanitária e beneficente da cidade, cujo objetivo é atender as classes menos favorecidas e que depende da assistência do Sistema Único de Saúde – SUS. Constituída e regida por Estatuto próprio, elaborado e aprovado pela sua Irmandade que é formada por membros da sociedade, é dirigida, administrativamente pela Mesa Administrativa que indica o Provedor(a) que dirige e representa a Instituição em seus atos. A Mesa Administrativa é eleita bienalmente pela Irmandade da Instituição.



PERFIL ASSISTENCIAL

A Santa Casa é a “única” Instituição Hospitalar do Município de Batatais, caracteriza-se como “HOSPITAL GERAL“, e atende toda a população local e também, a micro-regional na prestação de serviços de média e alta complexidade em alguns serviços, através dos diversos Convênios pactuados, inclusive o SUS, bem como os pacientes de caráter particular.

Possui um Corpo Clínico formado por médicos de várias especialidades que atuam nas clínicas básicas existentes no Hospital, sob regime de prestação de serviços sem vínculo empregatício, ou seja, ” prestadores de serviços autônomos “, os quais recebem suas remunerações diretamente dos clientes e ou dos convênios pelo quais os pacientes são usuários, e de acordo com o credenciamento da Entidade, cujas atribuições médicas são regidas e estabelecidas por Regimento próprio do Corpo Clínico, aprovado pela Mesa Administrativa, conforme estabelece os Estatutos da Entidade.

A maior parte dos atendimentos são realizados através do Sistema Único de Saúde (SUS), representando em média, 78,36% das internações e 88,24% da assistência ambulatorial de urgência/emergência e pronto atendimentos.

A SANTA CASA hoje conta com uma estrutura física adequada, recursos técnicos e profissionais disponibilizados e voltados para o atendimento na assistência de baixa, média, e alta complexidade em regime de internação hospitalar e para o atendimento ambulatorial de urgência/emergência necessita apenas incrementar os recursos profissionais.

Imagem de Amostra do You Tube